Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ASSOCIAÇÃO DE XADREZ DE VILA REAL

Fundada a 5/12/2008. Sede: Praça Dr. António Gil, nº 4, 2º Dto, Vila Pouca de Aguiar.

Fundada a 5/12/2008. Sede: Praça Dr. António Gil, nº 4, 2º Dto, Vila Pouca de Aguiar.

ASSOCIAÇÃO DE XADREZ DE VILA REAL

Contactos: axvr@sapo.pt / 968073175

emblema AXVR

Palmarés: 7 Títulos nacionais

2009/10: Agna Gabriel (Benfica Vila Pouca de Aguiar) - sub 18 femininos, semi-rápidas.. 2010/11: Agna Gabriel (AV Escola Pedras Salgadas) - sub 20 femininos, semi-rápidas.... 2010/11: Tânia Yé (AV Escola Pedras Salgadas) - sub 10 femininos, clássicas................ 2011/12: Agna Gabriel (ACD Rebordochão) - sub 20 femininos, semi-rápidas................ 2012/13: Sara Gomes (ACD Rebordochão) - sub 8 femininos, rápidas........................... 2012/13: ACD Rebordochão – equipa feminina de jovens, rápidas................................ 2013/14: Lara Rodrigues (ACD Rebordochão) - sub 8 femininos, semi-rápidas...............
28
Jul10

Rescaldo da viagem de tricicleta de Luís Camoesas entre Chaves e Fátima

evpa

 

 

Partida de Chaves em 21.07.2010 às 09h36 e chegada a Fátima em 25.07.2010 às 17h25, percorridos 412km em cinco etapas, em suma, todos os objectivos propostos cumpridos. Certamente se conseguiu promover o Xadrez, a Matemática, a cidade de Chaves e os propósitos pessoais, como conseguir sem meios avançados, nem preparação a ligação entre as duas cidades entre outros.

 


Percalços:
Elo da corrente parte em esforço em Vila Pouca de Aguiar. Arranjo oferecido pelo Moto Cruz; Eixo frente esquerdo parte na junta de dilatação da ponte da Figueira da Foz. Arranjo oferecido pela Station Marche da Figueira.

 

 

Provas de esforço:
Serra do Alvão, foto 5620
Serra de Fafe, foto 5632
Atalho na Caranguejeira, foto 5884 e 5885 (a mais difícil, curta mas muito acentuada 2,2km).

 

 
 
As minhas palavras de gratidão vão, como de direito é, para a imprensa, motor de motivação. Realizado o que me tinha proposto, teria provavelmente, mas estou certo que não teria sido tão divertido e tão prezado sem o vosso apoio. As consequências do vosso propósito, a divulgação do que é notícia, gera nas pessoas coisas curiosas, revela como elas são na realidade, despe-as de representações.

 

 

Em simultâneo pude verificar duas atitudes antagónicas resultantes de como é o poder de informar… vi-me a ver os telejornais do dia 23 e presenciei acções de ódio das populações resultantes do caso do triplo homicídio. Mais tarde senti na estrada a partilha e o incentivo das gentes na concretização da viagem, pelo facto de as televisões terem anunciado a viagem Chaves-Fátima. Já em casa, o calor dos Flavienses que tomaram conhecimento do evento por vós divulgado.

 
Um Bem-haja a todos os que nos apoiaram.
A Casa da Matemática: Luís Camoesas